Creative Commons License
O conteúdo deste blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

segunda-feira, 23 de abril de 2007

Vertical de quem não lê!

Assim, flutuando sob olhares e palavras, te escrevo o que não lês,
mar cheio ou oceano infinito, ondas altas ou baixas. são nossas
ontem, hoje e sempre. namoro contigo porque sim, para que fos-
-se assim!... vem ler. adoro o que te dei e o que
tive. o que me deste e que tiveste. caminho de tantas formas,
e cada curva, mal dada ou bem feita será sempre para a frente.

Como posso fazer sentir o calor que já sabes que deves sentir,
aumentar o que já tens, que já perdeste e que já ganhaste?
tens porque tens. Dou porque dou. Mimo-te porque sim. Hoje ou
antes, depois ou ontem continuarás a perceber o que quero para ti.
rir chorar tocar minar acender suar saborear extasiar explodir e assim
imortalizar. Para que o nunca seja sempre e o sempre seja
nunca.
afonso


O que não faz sentido não merece ser lido... baza!

5 comentários:

mau feitio disse...

Estranho.

AlfmaniaK disse...

Não comento!

Só sei k nada sei disse...

Fiquei sem palavras... e enternecida com esse Amor com A grande!! Quero levar-vos sempre comigo e proporcionar-vos mais destes fins-de-semana para que nunca duvides desse Amor! A brisa do mar fez-vos despertar e sentir na pele o que por vezes fica abafado entre quatro paredes!!! Adoro-vos!

Pipokka disse...

Faz sentido ! Para ti de certeza que faz.

Insideout disse...

Hoje ando por aqui na cusquice... Gostei muito deste post. Imortalizar... sim, há coisas que imortalizam o amor, sem dúvida. Em especial aquilo que se dá. Muito bonito.
Beijinhos e parabens pelo blog.