Creative Commons License
O conteúdo deste blog está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Dormir?



Confesso! Sou um noctívago compulsivo.

Sem querer arranjo sempre mil e uma coisas para fazer. Ou porque prometi, ou porque descobri coisas novas... mas há sempre alguma coisa para fazer ou procurar.
O dia já tem coisas mundanas em excesso, e a casa divide-se por tarefas. Resta-me a noite.

Concluí que o meu período de maior rendimento é depois da meia-noite. Gosto, e perco-me, entre pesquisas na net, leitura de blogs, experiências no PC, conclusão e início de projectos menores, etc... mas sempre pela noite dentro (ou fora).

Adoro a ausência de tudo. De ter o espaço - tempo - eu para mim e só para mim.
Deixo a TV ligada, o silêncio perturba-me. O som escolhido às vezes também. Gosto do acaso sonoro e irrelevante, que a TV apresenta.
Todas as noites, sem excepção, desejo deitar-me cedo. Tal raramente acontece... e quando acontece já são pelos menos 2 ou 3 da madrugada. O normal é deitar-me às 5 para me levantar às 8.
Durmo pouco e as companhias de café agradecem. Mas a realidade é esta: sou noctívago.
Por mais cansado que esteja, sentar frente ao PC, desperta-me. O cérebro ganha uma falsa energia (tal qual as "directas") e opera com uma facilidade e vertigem aguça que não encontro durante o dia.

Aos fins-de-semana durmo. Tenho muitas horas para repor. Por vezes tal não é possível e o organismo ressente-se... o colapso ainda não se deu, mas se um dia acontecer, a noite continuará a ser tal como ela é. E eu estarei lá para ver. Confesso! Sou um noctívago compulsivo.

Gosto da noite em que saio. Onde entro e saio de bares. Onde posso beber, cruzar-me com pessoas, conversar com amigos, flirtar com ela. Mas essa noite é outra noite.
Sou noctívago, porque mesmo não saindo, entro e saio de mundos, cruzo-me com opiniões, converso com leituras, e flirto com ela. Sou um noctívago compulsivo... e ela não gosta nada. Só da parte do flirtar, e eu do nascer do dia...

9 comentários:

ainda disse...

Uma alma gémea!!!!!!! Extraordinário!!!!!
É que não há muita gente que perceba assim a noite!
A noite é o meu mundo, é o meu espaço, onde me posso entregar ao que me apetecer. Sem interrupções, sem interferências de nada nem de ninguém. O meu ele é o oposto, mas já se habituou e não se importa. O que eu sinto pela noite, ele sente pela manhã.
Para mim o deitar cedo é entre as 2h30 / 3h. É que eu preciso mesmo a noite!

PS. só não partilho a necessidade da televisão ligada, perfiro o silêncio ou por WMP a tocar aleatóriamente... está carregado de músicas tão diferentes que não se torna monótono.

AlfmaniaK disse...

ainda
Fico feliz por saber que não sou único a experimentar a noite assim.
Preciso de som. Sempre. O ruído é o catalizador do raciocínio, assim as ideias não se tropeçam nem atropelam.
As músicas aleatórias não me chegam, só quando estou voltado para elas. Preciso de ruído, e as músicas que oiço não o são. (pelo menos isso!!)

Obrigado pela visita!

Pipokka disse...

Eu adoooooro a noite, mas tenho um problema... sou daquelas pessoas que precisam mesmo de dormir para "funcionarem", senãoestá tudo tramado!

lolol~

Jokinhas

Cigana disse...

Sabes que não és o único, já nos cruzámos virtualmente a desoras! E sei de outra pessoa que também é dada a insónias e ela vai sorrir quando ler isto!
Confesso que às vezes até estou com sono e adormeceria cedo se não me sentasse em frente do computador. Mas chegando aqui, entro em fusão com os bytes e os chips (e bai-te catar que não percebes nada de informática, pensas tu)e dá-se uma descarga de adrenalina que me tira o sono todo. É raro deitar-me antes das 4 e imponho-me como limite extremo as 5.
A noite é a única parte do dia em que tenho tempo para ouvir os meus pensamentos, para ordenar ideias, para seguir o fluxo da inspiração e para brincar aos blogs. Encontramo-nos no teu ou no meu numa madrugada destas!

AlfmaniaK disse...

Pipokka
Eu também preciso de dormir... e não tenho insónias. Só não sei quando dormir.
Alguém me ajudeeeeee!!!!!
...estou condenado a ser noctívago, acho que vou escrever uma carta ao Batman! Ouvi dizer que ele gosta de laranjas ;)

Cigana
Pois, também já tinha reparado que andas por estas vias rápidas a horas tardias. Pelo menos sentia-me seguro. Num estaba sózinho! heheheheh
Vá, com sorte cá nos encotraremos, e se tudo correr bem, hoje não! Quero deitar-me cedo... enfim...

Mau disse...

Repetiste tanta vez que és um noctívago compulsivo que me fizeste lembrar o Shaker...
Já percebi, já percebi.
Eu prefiro ver filmes e ir dormir.

AlfmaniaK disse...

Prontos... ía o blog tão bem encaminhado, e vai daí, tu deita-lo abaixo!!!!
Obrigadinho, Sim?!!!!
Fogo, logo o Shaker? Eu até respeito o Sr. mas não tenho paciência para tanto.
Vou tomar nota... e no futuro vou usar mais metáforas. Contente?

InsideOut disse...

Eu não sou noctívaga e adoro dormir a horas. Hoje excepcionalmente estou aqui a estas horas, estranho.
Depois da meia noite costumo perder-me também, mas em sonhos. Sabe tão bem. Dou-te sem duvida os parabens por essa energia toda... dormir 3 horas não é para todos.

Um beijinho e não digo dorme bem porque ainda falta muito para dormires.

AlfmaniaK disse...

InsideOut
Hehehehehe
Obrigado pela mensagem de boa noite... queria aqui vir confirmar que li o teu beijinho, mas acabei por não me deitar nessa noite! (truques que uso, na tentativa de obrigar o corpo a ressentir-se antes do temp e obrigar-me a ir para a cama mais cedo... resultou!)